Análise | Equipamentos Médicos

Sobre o Benchmark

Pensando em entender melhor como as principais empresas de seus setores divulgam seus produtos e serviços, realizamos um estudo de mercado. A ideia, além de verificar o que está sendo feito hoje, é partir dessa avaliação para darmos algumas sugestões de ações que podem ser feitas por empresas da indústria de Equipamentos Médicos.

Deixamos claro que sabemos que cada negócio possui sua própria estratégia. Nosso olhar aqui é de alguém de fora, que se propôs a fazer a seguinte pergunta: como os principais players do setor de Equipamentos Médicos se comunicam hoje e como empresas como a suapodem se diferenciar em 2021?

Esperamos que neste material você possa ter algumas ideias inspiradoras.

Boa leitura.

Metodologia de Pesquisa

Para o estudo, as equipes de marketing e de inteligência de mercado da Signia se basearam nos seguintes critérios:

Pontos de Referência

  • Líderes de Mercado
  • Inovadores

Critérios de Pesquisa

  • Site
    • Layout
    • User Experience
    • Interação
    • E-commerce (B2C)
  • Mídia Social
    • LinkedIn (B2B)
    • B2C
      • Instagram
      • Facebook
      • Youtube

Perguntas

  • Quem são essas empresas?
  • O que elas fizeram em 2020?
  • Como é a estratégia de comunicação online?
  • Como melhorar e invar em 2121?
  • Quais tendências para 2021?
    • Panorama da comunicação

Site

O ano de 2020 nos mostrou que o digital ganhou força e abriu uma série de oportunidades inclusive para o B2B. Como citado em uma pesquisa da CMO: “o valor agregado dos clientes atribuído à experiência digital permanecerá alto e nunca retornará aos níveis pré-pandêmicos.”

O setor da saúde também passou a ser mais visado e, por isso, em 2021 creditamos que o marketing precisa ser mais autêntico para atrair novos clientes/pacientes e retomar conexões.

Insights da Signia – Site

De um modo geral, das empresas que pesquisamos não vimos uma disrupção. Em algumas sentimos até uma certa dúvida para entender o que faziam, pois a página principal não comunica o core da empresa.

Na nossa análise, encontramos uma grande oportunidade de construção de marca. Independentemente se for B2B ou B2C, esse é o momento para os profissionais de marketing de saúde humanizarem suas estratégias de comunicação.

Por isso, ao analisar o seu site, verifique se ele apresenta uma imagem atraente logo no início, mostrando o produto de forma humanizada. Ainda, analise se o texto de apoio realmente atrai a atenção do público.

Reforçamos a importância de imagens e vídeos nos sites especialmente porque a atenção é cada vez mais escassa. Lembre-se que seu público é inundado com manchetes e recursos visuais tentadores, todos criados para fazê-los clicar, se inscrever ou seguir.

Site Siemens

Principais pontos para 2021:

  • Conteúdo visualmente atraente é a chave para se destacar. Infográficos, imagens hiper-realistas e vídeos 3D são excelentes maneiras de transmitir uma mensagem rápida e deixar uma impressão duradoura de sua marca de saúde.
  • Na análise, também sentimos falta de empresas focadas no engajamento do usuário no site. Ações em realidade aumentada, e até mesmo vídeos 3D, proporcionam uma experiência muito mais marcante.

Social Media

  • Instagram / Facebook

Na nossa visão, a maioria dos players analisados está fazendo um bom trabalho nessas redes. Confirmando a tendência de humanização de marcas nas mídias, em grande parte as postagens trazem fotos de pessoas, mobilizam para ações sociais, dão dicas, mostram o laboratório, entre outros.

Destacamos as imagens, que são bem elaboradas.

  • Youtube

Em 2021, o vídeo não será mais um luxo, mas uma necessidade para o marketing da área da saúde. Os players já sentiram isso, e em uma grande maioria possuem uma boa presença no Youtube.

  • LinkedIn

O foco do LinkedIn é profissional. Os players parecem utilizar bem a rede, pois destacam artigos e imagens sobre a empresa, vagas de empresa, fotos para mostrar o local de trabalho, entre outros.

Insights da Signia – Social Media

As redes sociais se mostram cada vez mais como um canal de relacionamento. A análise dos players nos mostra que as marcas estão buscando tornar-se mais humanizadas, o que acreditamos ser o caminho.

Assim como no site, a experiência também conta muito nas mídias sociais. Por isso, aposte em imagens e em vídeos de qualidade para gerar conversas. Mais do que nunca, tenha sempre em mente quem é seu público-alvo e o que ele quer ver/saber.

Principais pontos para 2021:

  • Redes sociais utilizadas não apenas para humanização da marca, como também para ser uma fonte de informação útil.
  • Quem toma as decisões é sempre uma pessoa. Portanto, mesmo sendo B2B, foque sempre na pessoa que visualiza o post.
  • Traga mais detalhes para imagens e vídeos. Para isso, aposte nas imagens 3D.
  • Crie posts que sejam fiéis à marca e mostre não apenas o que a empresa faz, mas também quem é e no que acredita.
Voltar