Conexão emocional com o cliente: o futuro do marketing

Alguns especialistas dizem que o futuro do marketing é a conexão emocional com o cliente. Acreditamos que você concorda com isso e que, assim como nós, da Signia Digital, sabe da importância de criar ações de marketing que estabeleçam vínculos com os clientes.

O mercado tem cada vez mais percebido isso. Em 2018, a Marketing Magazine premiou uma companhia de seguros, a AIA Hong Kong (“AIA”), com a honra de “Marketer of the Year”. Foi a primeira vez que uma seguradora recebeu o prêmio. A AIA ganhou também cinco Gold Awards e um Silver Award por suas várias iniciativas de marketing.

O segredo da empresa? De acordo com artigo divulgado no site marketing-interactive.com, a conexão emocional com o cliente foi a chave do arsenal de estratégias utilizadas pelo marketing.

Tudo começa pela emoção

Conforme o artigo, “a AIA deu vida a seus esforços de marketing com experiências relacionáveis, expressando empatia genuína pelos desafios da vida das pessoas, refletindo claramente seus cuidados com os clientes”.

Emoção é o que move nossos pensamentos, ações, decisões e comportamento de compra. Cada vez mais, como profissionais de marketing entendemos que consumidores baseiam suas decisões de compra em dois fatores:

  • Como se sentem em relação às marcas e
  • Como se sentem em relação às mensagens que elas transmitem.

Isso significa que empresas que querem prosperar no cenário de marketing atual precisam ir além de simplesmente comunicar o que seus produtos e serviços fornecem. Elas precisam criar vídeos, imagens e catálogos que cultivem uma conexão emocional com seus consumidores.

Marcas que insistem em ignorar esse tipo de vínculo provavelmente serão engolidas pela concorrência. E isso não é uma opinião apenas nossa.

O Harvard Business Review (HBR), em um artigo intitulado “An emotional connection matters more than customer satisfaction” (em um português literal, “A conexão emocional importa mais que a satisfação do cliente”), diz que os clientes emocionalmente conectados são duas vezes mais valiosos para as marcas do que os clientes altamente satisfeitos.

“Esses clientes emocionalmente conectados compram mais de seus produtos e serviços, visitam você com mais frequência, exibem menos sensibilidade a preços, prestam mais atenção às suas comunicações, seguem seus conselhos e recomendam mais”, destaca a matéria.

Estabelecendo conexão emocional com o cliente

Para criar a conexão emocional com o cliente, a HBR menciona que a experiência do consumidor é um fator crítico. Em uma pesquisa conduzida por eles, “os clientes que se envolvem em uma experiência omnichannel, por exemplo, são muito mais emocionalmente conectados e, portanto, consistentemente mais rentáveis”.

Além disso, deve existir o “fator uau”. Isso significa que a publicidade deve ser memorável. Para realmente se destacar da multidão, o marketing precisa pensar em criar uma reação instantânea, colocando sua marca ou produto na frente das mentes de seus clientes.

Concluindo

Segundo a HBR, as empresas que implementam estratégias e métricas baseadas em conexão emocional com o cliente para projetar, priorizar e medir a experiência do consumidor descobrem que o aumento da conexão emocional gera melhorias significativas nos resultados financeiros.

Para estabelecer conexão emocional com o cliente, aposte em estratégias de Realidade Aumentada, vídeos e imagens 3D. Caso você queira saber mais, entre em contato conosco.

Gostou deste artigo? Aproveite que está aqui e conheça nossos outros materiais no blog da Signia Digital. E se este post foi útil a você, fique à vontade para compartilhá-lo com seus colegas.