Desperdício zero: uma das vantagens da renderização

Antes de imprimir suas fotos um fotógrafo precisa tratar as imagens. Para isso, ele utiliza programas específicos de computador. Quando entramos no universo 3D sai o fotógrafo e entra um outro profissional cujo papel é mais ou menos o mesmo: tratar a imagem virtual.

A diferença entre um fotógrafo e um artista 3D é que, enquanto o primeiro manipula uma cena que foi fotografada, trabalhando com contrastes, luz, sombras e ajustes em geral, o segundo manipula modelos que representam matematicamente pontos e superfícies, como vértices e polígonos (e também trabalha com contrastes, luz e sombras).

De forma bem resumida, isso explica o que é renderização. Mas, se formos para complementar, diríamos que a renderização é o processo envolvido na geração de uma imagem bidimensional (2D) ou tridimensional (3D) a partir de um modelo por meio de programas aplicativos.

A renderização é usada principalmente em projetos arquitetônicos, videogames, filmes animados, simuladores, efeitos especiais de TV, visualização de design e para materiais de divulgação de empresas (como em imagens e vídeo marketing).

Por que falamos em desperdício zero?

Porque uma das vantagens da renderização é esta mesmo: zero desperdício. Você já acompanhou trabalhos de fotógrafos profissionais? Se sim, parou para pensar no desperdício de recursos físicos e monetários usados ​​para criar um cenário e fotografar produtos?

Dependendo do caso, para fazer uma imagem de produto ou gravar uma cena sua empresa terá que desembolsar uma quantia alta de dinheiro. Parte desse dinheiro será para os recursos que ocuparão a imagem. Pois bem, existe uma alta probabilidade de que todos os recursos utilizados ​​para construí-la sejam descartados após as fotos/filmagens.

Basta pensar no protótipo: se ele foi criado e utilizado em uma imagem ou gravação, não poderá ser comercializado. Surgindo como alternativa ao desperdício de recursos da fotografia tradicional, temos a opção da renderização.

Portanto, quando nos referimos a desperdício zero é porque, ao contrário da fotografia tradicional, na renderização você não precisará desperdiçar recursos para montar um cenário que poderá ir para o lixo. Tudo é criado dentro do computador.

Ainda sobre as vantagens da renderização em 3D está o fato de que você cria conjuntos digitais que se ajustam perfeitamente às suas necessidades. Precisa colocar seu produto no topo de uma montanha? Precisa mostrar detalhes de peças internas? Literalmente, o único limite da renderização 3D é a sua imaginação.

Animated GIF - Find & Share on GIPHY

Zero desperdício de espera

Sabe aquela espera pelos protótipos para que as imagens e filmagens possam ser feitas? Sabe aquele estresse quando o material de marketing está pronto, mas por uma mudança no protótipo será preciso refazer tudo?

Pois é, dentre as vantagens da renderização está que todo esse tempo de espera é eliminado. Aliás, falamos sobre isso no artigo Reduza custos na hora de atualizar catálogos de produtos.

Como na renderização 3D os materiais estão disponíveis digitalmente, para mudanças futuras (seja para uma campanha sazonal, um lançamento de produto ou por alterações no protótipo), as imagens em 3D podem ser rapidamente atualizadas por uma fração do custo que você teria se utilizasse meios tradicionais de imagens. Isso porque com a fotografia você teria que iniciar todo o processo novamente.

Ainda tem dúvidas sobre as vantagens da renderização?

Zero desperdício e imagens perfeitas. Essas são as duas palavras que resumem duas das vantagens da renderização. Se você precisa ver na prática o que falamos aqui, confira nosso case de projeto de um de nossos clientes, a Jacto. Lá você poderá ter uma ideia melhor.

Gostou deste artigo? Para mais posts como este, acesse o Insights, o blog da Signia Digital.