Marketing de engajamento: nova estratégia para sua empresa

Mais informados do que nunca graças à convergência de redes sociais, vídeos, blogs e vários pontos de contato digitais, nossos clientes estão no comando. Isso porque eles formam opiniões, chegam a conclusões e influenciam outras pessoas muitas vezes antes que nós, as marcas, tenhamos a chance de dar nossa palavra.

O mundo digitalmente conectado em que vivemos faz com que empresas tenham que se comunicar com os compradores de maneiras que ressoem e sejam significativas. Hoje em dia, já não é mistério que nossos clientes desejam se sentir compreendidos.

Em linhas gerais, eles querem construir relacionamentos de longo prazo, se alinhar com marcas que se preocupam com eles e se conectar em um nível pessoal em todos os canais e pontos de contato. Resumindo: os clientes querem engajamento.

Mas, o que isso significa para as empresas?

Mudando a estratégia de marketing: mais engajamento

Anos atrás tínhamos somente o marketing de massa, aquele que “atira para todos os lados” com o objetivo de atingir o maior número possível de pessoas. Opondo-se à essa estratégia que ignora nichos e personas vem o Marketing de Engajamento.

Conhecido em inglês por “Customer Engagement Marketing”, trata-se do processo de criação e entrega de mensagens personalizadas e oportunas para clientes potenciais e clientes atuais. Ou seja, baseia-se em atingir o público em seus canais preferidos para entregar-lhes mensagens personalizadas e que interessem. Para isso, o conteúdo – e não o produto – passa a ser o principal meio para marcas iniciarem e manterem a conversa.

Engagement level to maximum conceptual meter, 3d rendering

Na prática, o Marketing de Engajamento parte do princípio que marcas darão aos seus clientes as informações que eles desejam, abordarão seus pontos fracos e oferecerão soluções que criam uma resposta emocional. Para conseguir engajar com o público certo, algumas boas práticas podem ser seguidas:

  • Escute o que seus clientes têm a dizer. Dê atenção a eles em cada ponto de contato.
  • Colete dados e transforme-os em insights. Assim, você saberá agir com seus clientes da maneira que eles querem.
  • Todos na empresa podem influenciar o processo de engajamento.
  • Entenda que tudo evolui e muda rapidamente. Sua estratégia de marketing deve sempre refletir essa mudança. A máxima de que “sempre fizemos assim, e sempre deu certo”, não cabe mais no mundo em que vivemos.

Dito isso, se formos para resumir o que é o marketing de engajamento, tenha em mente que a estratégia busca por oportunidades de criar relacionamentos significativos com os clientes.

Mas como fazer a transição para o marketing de engajamento?

Segundo a Hubspot, o engajamento do cliente vem das interações contínuas entre ele a empresa. Essas interações são oferecidas pela organização propriamente dita, mas escolhidas pelo consumidor. Diferentes marcas podem variar em como definem o cliente, mas a maioria dessas definições gira em torno de uma construção de relacionamentos duradouros.

Você entendeu o conceito, então agora é hora de partirmos para a prática. Para realmente mergulhar sua marca em uma estratégia de marketing de engajamento e criar uma relação a longo prazo, é preciso convencer os envolvidos da importância de colocar o cliente no centro das atenções. Compartilhamos alguns dados para ajudar:

  • 54% dos consumidores se envolvem com as marcas para obter as últimas notícias sobre produtos e serviços.
  • 66% dos consumidores B2B esperam que todas as comunicações com uma marca sejam personalizadas.
  • 60% dos consumidores esperam uma experiência aprimorada das marcas com as quais estão engajados.

Quando a liderança entende que o marketing de engajamento não é apenas mais uma moda, tende a estar mais aberta a realizar investimentos que visam aprimorar a experiência do público com a marca. Um exemplo é investir em um site mais responsivo e atrativo.

Foi o que fez a Stam (uma das mais tradicionais e conceituadas marcas de fechaduras e cadeados do mercado) quando percebeu que o site era um ponto importante de engajamento com o cliente. A empresa procurou a Signia Digital para criação de um site mais rico visualmente e que levasse em conta também a usabilidade.

No caso da Stam, para o site também foram desenvolvidos imagens e vídeos, mas cada situação é diferente, pois as ações de marketing de engajamento dependem dos objetivos a serem atingidos. Por exemplo, a Randon, maior fabricante de reboques e semirreboques da América Latina, queria apresentar o lançamento de 10 implementos (que são as carrocerias dos caminhões) na feira Fenatran.

A empresa precisava mostrar em detalhes peças dos caminhões, e sentiu também a necessidade de criar ações que aumentassem o engajamento da marca com o público e atraísse visitantes para seu estande. Para ajudar na tarefa, a Randon contratou a Signia Digital para a criação de quatro aplicativos de Realidade Aumentada e um de Realidade Virtual.

Em ambas as estratégias os visitantes do estande da Randon puderam engajar com a marca de uma forma única.

Para fechar

A Deloitte publicou um relatório (The Deloitte Consumer Review – CX marks the spot: Rethinking the customer experience to win) em que diz que:

“Cada consumidor deseja uma experiência diferente ao comprar, e essa ‘experiência’ se tornou o fator de diferenciação para muitos modelos de negócios de sucesso. No entanto, as empresas estão encontrando cada vez mais dificuldade para prever o que os consumidores desejam, pois suas expectativas continuam a mudar.”

Mais acima, aqui neste mesmo artigo, comentamos que tudo evolui rapidamente. Por isso, reforçamos que para sua estratégia de marketing de engajamento ser bem-sucedida é importante entender o que seu cliente deseja (e, mais ainda, é importante surpreendê-lo).

Voltando para a publicação da Deloitte, o texto destaca que os clientes também estão ficando “menos tolerantes com marcas que não oferecem uma experiência fácil e contínua”. O que entendemos disso? Basicamente que o engajamento do cliente é uma consequência de uma ótima experiência.

Para encerrar, e reforçar a importância do assunto, deixamos você com uma mensagem extraída do próprio relatório: “concentrar toda a empresa para fornecer uma experiência positiva ao consumidor será a chave para garantir novas oportunidades de crescimento”.

Se o assunto interessa, convidamos você a se aprofundar um pouco mais com a leitura destes dois posts:

Gostou deste artigo? Em caso afirmativo, fique à vontade e compartilhe-o com seus colegas. Aproveite que está aqui e conheça mais sobre a Signia Digital. Visite nosso site!

Voltar