Dicas para melhorar a experiência de compras dos seus clientes

Especialmente durante datas como Black Friday, Natal, dia das mães, dia dos pais, dia dos namorados, dia das crianças etc., o comércio quer atrair a atenção dos clientes. Lojas físicas e online fazem campanhas e divulgam preços. Paralelamente, marcas buscam por estratégias de aumentar o engajamento a fim de que as pessoas lembrem-se dela quando forem às compras.

Ações de marketing sensorial, divulgações em Realidade Aumentada, imagens e vídeos hiper-realistas são apenas o início de uma jornada. Trazendo para o assunto o comércio eletrônico, o qual vem crescendo e possibilita diversos tipos de ações buscando a retenção do cliente na página, engajar é apenas a ponta do iceberg.

É preciso mergulhar no oceano e partir para práticas nas quais a adição do contexto e personalização podem ajudar empresas a capturar, reter e converter em um mercado online cada vez mais competitivo.

Pesando nisso, aqui estão cinco dicas que ajudarão a tornar a data comemorativa (seja ela qual for) lucrativa e divertida:

1 – Contextualize

O marketing contextual, ou marketing de contexto, tem sido cada vez mais discutido. Não é à toa, uma vez que trata-se de uma estratégia orientada para que todo o conteúdo seja relevante para a pessoa que o recebe. Ou seja, para ser eficaz, a estratégia de marketing deve ser pertinente para as pessoas a que ela se direciona.

Partindo do princípio de que os consumidores são cada vez mais bombardeados de infinitas formas de marketing omnichannel – mídia social, anúncios, campanhas por e-mail -, entende-se que para ter resultado as mensagens precisam ter um contexto.

Para o marketing contextual, as pessoas comprarão mais se as ofertas da loja forem agrupadas em contexto – abordando uma categoria que faça sentido para aquela pessoa que visitou o e-commerce , como itens de artigos esportivos, saúde e fitness, por exemplo.

Então, crie conteúdo relevante para aquele assunto, mostre produtos que têm a ver com a mensagem que você está passando, faça vendas combinadas e, principalmente, fale o idioma do seu cliente. Em outras palavras: coloque-o no centro do contexto.

2 – Antecipe os desejos dos compradores

O estoque de uma empresa é um dos seus maiores ativos e deve se alinhar às necessidades dos clientes. Analise quais produtos os compradores estão pesquisando antes da temporada de compras e, mais importante, o que estão procurando, mas não encontram.

Para o cliente, é frustrante entrar na loja e não achar o produto. Mas para a experiência de compras não ser negativa, apresente a ele os artigos semelhantes e envie e-mail marketing mostrando outros produtos que podem lhe interessar.

Apesar da frustração do cliente quando não encontra o que estava procurando, as empresas podem aprender muito quando examinam a busca de seus clientes.

São nesses casos que diversas informações são comunicadas, incluindo padrões de navegação e as marcas populares pesquisadas. Esses dados são essenciais para melhorar a experiência de compras e obter melhores resultados o ano todo.

3 – Faça vendas cruzadas

Depois que um cliente selecionar algo da sua loja e adicionar ao carrinho de compras, dê sugestões de itens que se relacionam ao produto. Por exemplo, alguém que comprou um smartphone pode precisar de película para a tela e uma capa.

Para ser mais assertivo na estratégia, verifique o histórico de compras da sua loja e veja o que seus clientes compraram junto com um produto específico. A partir dessa informação, liste os itens que podem ser sugeridos como complemento do que foi comprado inicialmente. Incentive a venda oferecendo descontos, frete grátis etc.

Além de isso melhorar a experiência de compras e fidelizar o cliente, sua loja terá uma lucratividade melhor.

4 – Atente-se aos momentos do ciclo de vida de seus clientes

Personalizar as recomendações do produto pode gerar mais conversões e receita do que experiência de compras não personalizada. No entanto, não basta apenas recomendar produtos.

Personalize o ciclo de compras para alcançar clientes individuais em pontos de contato específicos ao longo do caminho. Por exemplo, o cliente X pode precisar ser alimentado de conteúdo – como video marketing nas redes sociais – antes de fazer uma compra, enquanto o cliente Y precisa de um incentivo extra para realmente adquirir o produto – como um desconto. Essa abordagem pode amplificar o impacto das campanhas de e-mail em datas comemorativas, além de gerar taxas de conversão mais altas do que os e-mails comerciais normais.

E, claro, utilize de táticas para influenciar o inconsciente do seu consumidor. Falamos sobre algumas delas neste post.

5 – Personalize a experiência

O uso de tecnologias como os QR codes ou aplicativos de Realidade Aumentada (RA) fornecem uma experiência mais personalizada. Com a ajuda da tecnologia você pode criar ações para enviar códigos de descontos ou até promover um produto de uma maneira diferente, como faz a RA.

Essas são maneiras de criar um engajamento significativo com o cliente e, principalmente, chamar rapidamente sua atenção para agregar valor à sua jornada de compra.

E aí, pronto para melhorar a experiência de compras do seu cliente?

Aqui na Signia Digital pensamos sempre em estratégias para ajudar empresas a atrair a atenção dos seus clientes. Por isso, já desenvolvemos diversas ações que contribuíram para criar conexão emocional, engajar, dar o efeito “Wow” e, claro, divertir.

Caso queira ver algumas ideias para se inspirar, acesse nosso portfólio. E para fechar o assunto com chave de ouro, confira nossas dicas para melhorar a experiência do consumidor online.

Voltar