Reduza custos na hora de atualizar catálogos de produtos

O produto foi atualizado, um lançamento está por vir e agora você precisa mostrar as novidades aos consumidores e clientes. Às vezes, a atualização do produto não é algo tão significativo, mas mesmo assim será necessário alterar materiais promocionais, catálogos de produtos e as imagens nos sites e em vídeo marketing.

Você sabe que o tempo que leva entre a fabricação do protótipo, a coordenação das sessões de fotos e a atualização dos materiais pode significar o sucesso ou o fracasso nas vendas. Somado a isso, existe a questão do custo: empresas com um vasto portfólio de produtos, ou com máquinas e equipamentos mais difíceis de serem transportados, terão gastos elevados para fazerem fotos e filmagens.

Para solucionar o problema e não ter mais ônus ao atualizar catálogos de produtos e todos os outros materiais promocionais, websites e vídeos, temos a dica: substitua as tradicionais fotografias pela renderização 3D.

Como a renderização 3D reduz custos?

A fim de conseguir realizar a renderização 3D de alta qualidade, profissionais especializados utilizam um software específico. No software, esses profissionais trabalham com arquivos CAD. Graças aos arquivos, mais os dados técnicos especificados por engenheiros, é possível criar imagens de produtos reais (temos um case da Motorola que mostra isso).

Quando as imagens estão prontas, elas são inseridas no cenário que se deseja, sempre da forma mais realística possível. O exemplo abaixo ilustra bem o que queremos explicar.

Jacto EletroVortex 3030

Este foi um trabalho que fizemos para a Jacto. Na ilustração, tanto a máquina quanto o galpão são imagens 3D. Se o mesmo trabalho fosse realizado com fotografia real, só o gasto para aluguel do galpão e iluminação chegaria na casa dos R$ 100 mil por dia.

Agora, imagine esta mesma imagem em um material promocional. Se no futuro for necessário atualizar catálogos de produtos, não será preciso uma nova sessão de fotos, nem ter mais gastos com profissionais e equipamentos de fotografia e iluminação. Isso porque a atualização é feita no próprio arquivo CAD.

Com isso, a empresa ganha tanto em redução de custo como em otimização de equipe. Sem contar na agilidade, uma vez que manipular imagens renderizadas é muito mais fácil.

Aqui estamos falando em atualizar catálogos de produtos, mas destacamos que o mesmo se aplica a quaisquer outros materiais promocionais.

Mais vida ao atualizar catálogos de produtos

Não é porque a imagem está impressa que ela precisa parecer estática. Com a renderização 3D, atualizar catálogos de produtos significa poder contar com configurações interativas de produtos e exibições dinâmicas de 360 graus.

Para você entender o conceito, note que a renderização 3D ultrapassa os limites da fotografia tradicional. Mais uma vez ilustramos com dois exemplos, ambos de um trabalho que realizamos para a empresa S.I.N. Implant System.

S.I.N Implant System

Quer saber mais?

Se você se interessou pela renderização 3D para elaborar e atualizar catálogos de produtos e vídeos, entre em contato. Confira também o case da Motorola Moto G6 e veja mais um exemplo real dos ganhos da renderização 3D. Não se preocupe, você não precisa de preencher um daqueles formulários chatos!

Case de projeto | Motorola Moto G6

Aproveite que está aqui e conheça nossos outros materiais no InSights da Signia Digital. E se este artigo foi útil a você, fique à vontade para compartilhá-lo com seus colegas.