Hora de repensar o engajamento na publicidade digital

Quantas vezes você parou em um site, olhou um banner com calma e clicou no anúncio? Com certeza, em muitos casos vários banners com propaganda passaram despercebidos por você. O mesmo ocorre com a quantidade de sites que temos disponíveis a apenas poucos cliques: quantos você entrou e saiu em menos de cinco segundos?

Um dos maiores desafios enfrentados pelas organizações no ambiente online é como atrair a atenção, envolver e encantar seu público nos poucos segundos que uma empresa tem. Aumentar o engajamento tem sido cada vez mais difícil, afinal, somos bombardeados com um fluxo crescente de informações e cada uma delas atrai nossa atenção de um jeito.

O fato é que a capacidade cognitiva de todos nós, seres humanos, é limitada. Portanto, gastá-la com informações sem valor está fora de cogitação. Consequentemente, nossos cérebros estão cada vez mais treinados para não enxergar conteúdo que não agregue.

A evidência disso está no fenômeno conhecido por cegueira de banners, que ocorre quando as pessoas se esforçam ativamente para ignorar a publicidade que visualizam enquanto navegam online.

Atrair a atenção e aumentar o engajamento – ou seja, fazer a pessoa clicar em um anúncio, por exemplo -, tem sido cada vez mais desafiador.

A maldição da distração x o uso da AIDA

Se por um lado somos bombardeados por informação, por outro, nossa capacidade de atenção é finita. Como consequência, a publicidade digital precisa mudar.

Anúncios criativos, impactantes, bem segmentados e posicionados fazem uma boa diferença. No entanto, para atrair a atenção em campanhas publicitárias digitais é preciso ir além e utilizar formatos de alto impacto.

Se a distração é uma maldição, a poção mágica para acabar com ela é o que no marketing é conhecido como AIDA, acrônimo para:

  • Atenção
  • Interesse
  • Desejo
  • Ação

Na publicidade digital também buscamos o AIDA: queremos atrair o olhar do cliente, chamar o seu interesse, despertar o seu desejo por conhecer mais e fazer com que tome uma ação (clicando no banner, por exemplo).

No mundo real fica mais fácil imaginar estratégias para percorrer o caminho da atenção para a ação. Em um supermercado, por exemplo, é possível criar displays chamativos. Em uma feira, vídeos impactantes em 3D podem ser utilizados (como fez a empresa Jacto). Em um lançamento, você pode adotar estratégias de Realidade Aumentada.

Mas como aqui na Signia Digital acreditamos que tudo o que vemos no real é possível termos no virtual, pensando em publicidade digital as armas são:

  • Fotos
  • Som
  • Palavras
  • Vídeos
  • Ilustrações

Uma nova face para a publicidade digital

Como estamos falando de um ambiente cada vez mais competitivo, somado a uma grande necessidade por atrair a atenção do público, temos que pensar em estratégias que consigam realmente dar à publicidade digital uma nova cara.

Em um anúncio a imagem precisa ser chamativa. Se for utilizar palavras, elas devem ser objetivas. No caso de fotos e vídeos, os mesmos podem ser criados em 3D.

Animações também têm um apelo visual, mas claro, depende do público-alvo e do local em que o anúncio é exibido. Um item importante é que sempre que a publicidade digital for animada, a animação não pode ser longa. Lembre-se, a atenção do público se perde em questão de segundos.

E mais: seus anúncios devem ser amigáveis ao consumidor. Isso significa que a publicidade digital de hoje deve convidar alguém a ver o anúncio, e não forçar para a ação.

Concluindo

Pense na atenção como se ela fosse uma moeda. Todos nós valorizamos nosso tempo, do mesmo modo que somos “pão-duro” ao gastá-lo com informações de baixo valor.

A fim de dar um empurrãozinho para seu público-alvo e fazê-lo motivado e atraído pela sua mensagem, tudo que você precisa é gerar a centelha inicial de interesse. Para ver alguns de nossos projetos e o que temos feito para ajudar empresas a conseguirem isso, acesse aqui.

Quer saber mais sobre como dar um “up” na sua publicidade digital? Entre em contato conosco! E se este artigo foi útil a você, compartilhe-o com seus colegas. 

Voltar