Como utilizar o Video Marketing nas redes sociais?

Verdade seja dita: quando o Facebook introduziu mudanças em seu algoritmo, profissionais de marketing passaram a deparar-se com um grande desafio para revitalizar a presença de suas empresas na rede.

Neste primeiro parágrafo citamos o Facebook como exemplo, mas tenha em mente que o conteúdo que abordaremos aqui vale para as outras redes sociais que seu público está presente.

O fato é que, hoje em dia, com a atenção do consumidor sendo disputada, se você deseja engajar seu público, postagens cheias de textos não são mais suficientes. A saída está no Social Video Marketing, ou o Video Marketing nas redes sociais.

O que é Social Video Marketing?

Como o nome sugere, o Social Video Marketing refere-se ao conteúdo de vídeo criado para ser compartilhado através das redes sociais. O objetivo por trás de qualquer ação de video marketing nas redes sociais é geralmente o mesmo: incentivar o público a envolver-se com sua marca e/ou produtos e lembrar-se da sua empresa.

A estratégia pode ser usada por diversos motivos, tais como para promover um produto, contar a história da empresa, apresentar um serviço, mostrar os bastidores, entre outros.

O poder do vídeo, como já falamos em outras oportunidades, está no fato de ele ser um meio altamente visual que permite transmitir uma mensagem através de imagens e sons de maneira envolvente. Além disso, quando compartilhados socialmente os vídeos possuem altas taxas de engajamento e, com sorte, influenciarão a decisão de compra no futuro.

Tipos de Video Marketing nas redes sociais

Existem vários tipos de vídeos que podem ser divulgados por uma empresa em suas redes sociais. Dentre eles, destacamos:

  • “Sobre nós”: este tipo de video marketing nas redes sociais é uma ótima maneira de aproximar seu público da sua empresa. É a oportunidade para compartilhar o que sua organização faz, mas, principalmente, o porquê. Vídeos “sobre nós” contam a história do negócio, mostram as pessoas por trás das operações (isso é importante para gerar aproximação), destacam os valores organizacionais e mostram o que faz uma empresa ser mais especial que outra.
  • Depoimentos de clientes: estes vídeos apresentam citações de clientes satisfeitos ou até destacam a história de um cliente e como o produto/serviço da sua empresa o ajudou a sanar seus problemas. É o tipo de video marketing nas redes sociais que atrai bastante atenção.
  • Vídeos de produto: ao invés de contar, mostre. Portanto, não perca seu tempo dizendo ao público que seu produto é ótimo. Ao invés disso, crie um vídeo demonstrando o que ele faz e por que ele melhorará a vida de seu cliente. Veja alguns de nossos cases de vídeos de produto.
  • Vídeos promocionais: servem para informar os clientes sobre uma venda ou promoção.
  • Vídeos de instruções: neste tipo de video marketing nas redes sociais a empresa pode mostrar como um produto deve ser utilizado. A estratégia serve para apresentar as características do produto e suas facilidade de uso.
  • Eventos: aqui você pode apostar nos vídeos ao vivo (lives) ou criar um vídeo curto mostrando o que sua empresa apresentará em determinado evento.
  • Vídeos animados: utilizam personagens e objetos digitais para contar uma história ou mostrar ofertas (conheça algumas das tendências de vídeo marketing).

Algumas dicas

Vídeos e redes sociais formam um bom casamento. Para aproveitar ao máximo a estratégia de Social Video Marketing, recomendamos alguns cuidados:

  • Defina o público-alvo, a rede social e a linguagem;
  • Ajuste os vídeos conforme a plataforma (cada plataforma social tem público e linguagem específicos. O Animoto Blog apresenta um infográfico com o tipo de conteúdo indicado para cada rede social);
  • Aproxime seu público da realidade (para isso, aposte em vídeos 3D)
  • Crie conteúdo emocional;
  • Impressione nos primeiros segundos;
  • Não faça vídeos muito longos;
  • Otimize seu vídeo (garanta que o título, a meta descrição e a descrição do vídeo tenham palavras-chave)
  • Não faça vídeos muito pesados;
  • Assista ao seu vídeo sem música e veja se ele continua sendo impactante (lembre-se que muitas pessoas verão o vídeo em lugares públicos e poderão diminuir ou tirar o som);
  • Coloque legendas quando houver narração (além de servir para quem ouve sem som, a estratégia inclui atingir os deficientes auditivos);
  • Conte uma boa história;
  • Insira uma Call to Action ao final (por exemplo, convidando o público a visitar o site);
  • Incentive as pessoas a compartilharem o vídeo incluindo botões de compartilhamento social.

Concluindo

O vídeo social é um tipo de vídeo projetado especialmente para ser promovido e compartilhado nas mídias sociais. Portanto, perceba que a estratégia de video marketing nas redes sociais não tem o objetivo de tornar-se viral, mas deve, fundamentalmente, ser compartilhável.

Quer saber mais sobre video marketing e como sua empresa pode aplicar a estratégia? Entre em contato conosco! E se este artigo foi útil a você, compartilhe-o com seus colegas.